Como Formular Afirmações Positivas

Há duas áreas onde as técnicas de afirmações positivas podem ser úteis: para finalidades internas ao próprio eu, isto é, subjetivas e psicológicas, tais como mudanças de pensamento, sentimento e comportamento (Ser) e finalidades exteriores ou objetivas, isto é, realizações exteriores, coisas a serem feitas (Fazer) ou obtidas (Ter). Destaco neste momento que o comportamento é parte do Ser porque não está sendo dito que o comportamento em si mesmo vai obter um resultado; ele é parte da ação de ser, da expressão do Eu.

Neste artigo vamos detalhar um pouco mais sobre as técnicas de produzir afirmações que ajudam nestas duas áreas.

As melhores técnicas de formulação de afirmações enfatizam quatro conceitos:

1.) A construção de uma frase curta, mnemônica e assertiva – algo que se deseja obter – ao invés de negativa – algo que se deseja eliminar.

2.) A utilização do tempo verbal presente simples (eu vou, eu faço etc.) ao invés do futuro, ou do condicional.

3.) A associação da idéia com a imagem pessoal, ou mesmo com a invocação a um poder superior que auxilie a sua realização: “tenho capacidade e motivação para tal tarefa” ou “peço auxílio de Deus para”.

4.) A repetição das afirmações usando emoção e concentração intensas, evitando apenas a leitura displicente ou dizendo-as de forma decorada.

Além destes fatores, existem algumas outras dicas práticas para tornar suas afirmações mais eficazes. Vamos a elas.

O importante é compreender a diferença entre atitudes e comportamentos. A atitude é o aspecto interno de um comportamento. Pode ser volitiva (gerada pelo consciente) ou espontânea /automática (gerada pelo inconsciente). É basicamente uma emoção acompanhada de uma predisposição, uma mobilização interna que nos faz iniciar um novo padrão de comportamentos.

O comportamento é um conjunto, um programa de ações automático ou quase automático que visa atingir a um determinado objetivo ou estado. Isto é, todo comportamento foi, um dia, selecionado conscientemente pelo indivíduo. Depois disso ele pode continuar sendo consciente ou pode se tornar, pela repetição, espontâneo/automático.

A questão é que, na maioria das vezes que uma pessoa utiliza afirmações para ajudar a obter mudanças, psicológicas ou ambientais, há uma insegurança inicial sobre a eficácia do processo. A motivação (atitude) pode ser pequena, ou a insatisfação com a situação presente pode ser tão grande que haverá, nas afirmações, uma ponta de ansiedade ou impaciência pelos resultados.

Por exemplo, em casos de doenças, quando o problema é muito presente, torna-se mais difícil acreditar que a situação possa mudar .

E para evitar esta luta entre a percepção objetiva do mundo e a vontade subjetiva, é mais adequado subdividir, graduar as afirmações em etapas ou degraus que sejam mais aceitáveis pelo inconsciente. E ao prosseguir, deve-se fazer mudanças incrementais, passo a passo, modificando as afirmações após perceber cada mudança de atitude, sempre de forma sincera, permitindo uma mudança gradual e harmônica nos próprios pensamentos e atitudes.

Cada afirmação pode ser usada por um período curto (um dia? uma semana? uma hora?), uma de cada vez, substituindo cada afirmação pela posterior, a cada vez que a mudança mental esteja estabilizada.

As afirmações podem e devem ser acompanhadas de visualizações. Esses dois instrumentos mentais andam sempre juntos, pois sempre que verbalizamos algo, criamos na mente uma imagem / som /sensação do que está sendo dito e reafirmamos para nós mesmos aquilo que pensamos.

O primeiro degrau na formulação de uma mudança de vida, usando afirmações, é especificar que realmente se deseja alterar as atitudes atuais:

Estou disposto (a) a liberar os padrões mentais incorretos que me trouxeram a esta condição de vida.

Eis um exemplo de afirmação positiva da primeira fase. Pode ser usada uma frase genérica como esta, ou algo mais específico, citando a situação. Esta frase enfatiza que toda mudança começa dentro de nós mesmos. Para conseguir mudanças exteriores é preciso alterar os modos de pensar que geraram as circunstâncias atuais.

Quando a mobilização de atitude chegou a um ponto suficiente, muda-se a frase:

Eu libero agora os padrões mentais incorretos de minha mente que me trouxeram esta condição de vida.

Estas frases, de transição, devem ser proferidas por menos tempo, até se atingir a certeza interna de poder continuar, caracterizada por uma sensação de entusiasmo e real disposição:

Eu estou preparado(a) para usar o padrão mental correto que me trará a nova condição de vida.

É o momento de analisar se as atitudes perante as questões e desafios da vida são realmente novas. A visualização destes padrões é fator importante desta avaliação. Após uma determinada período de prática suficiente podemos aumentar o nível:

Eu tenho motivos suficientes para manifestar e manter este novo comportamento.

Frases como esta começam a enfatizar mais o comportamento exterior, após a solidificação da atitude interior correta. Começa com o exame dos motivos ou critérios que servem de base para a mudança. Será necessário descobrir se são suficientes para gerar motivação (motivo para a ação). E depois podemos seguir para esta:

Eu aceito a completa responsabilidade pelas ações que devo iniciar em relação ao novo comportamento.

Esta é outra frase de transição muito importante. É uma forma de evidenciar que as condições exteriores e as mudanças ambientais não justificam desistências do processo. E mostra também que o ônus do início da mudança pertence ao consciente do indivíduo.

Não se pode aguardar passivamente que todo o trabalho seja feito como num passe de mágica pelas forças internas do inconsciente. O engajamento consciente no processo é importante. E depois continuamos:

Eu me sinto digno(a), merecedor(a) e considero justo que haja uma mudança para melhor em minha situação de vida.

Neste momento já se inicia a etapa de pensar nas concretizações objetivas destas modificções. A visualização pode ser usada para analisar e definir os detalhes. Se as etapas anteriores foram bem feitas, poderemos agora sincera e intensamente sentir que temos direito ao objetivo.

Isto significa que estamos preparados para aceitar a sua ocorrência como algo natural. É melhor que a formulação desta afirmativa explicite mais o que se deseja que aconteça. A seguir podemos proferir:

Eu considero benéfico e produtivo, para mim e para as pessoas ao meu redor, e de acordo com as leis do Universo, que eu obtenha esta condição de vida.

Aqui é destacada a estreita sintonia entre o que o indivíduo deseja e os objetivos do Universo ou de um Ser Superior. Esta afirmativa reduz o pensar egocêntrico e deve ser adaptada às crenças místico-religiosas de cada um. E quando bem estabelecida essa compreensão, manifestamos a próxima afirmação:

Manifesto agora a nova situação de vida.

Esta é a afirmação clímax do trabalho e deve ser acompanhada de uma visualização intensa. Realizados os passos anteriores, esta imagem estará forte e poderosa o suficiente para que o prazo de manifestação seja o menor possível.

Alguns podem considerar esta técnica longa e trabalhosa em demasia, e até desnecessária, visto que em muitos casos apenas o último passo já é suficiente para acarretar mudanças.

Contudo é sabido que muitas pessoas se frustram ao usar o processo mental de visualização criativa e afirmações positiva, porque não estão preparadas emocionalmente para um emprego correto dele. Nestes casos esta lista será útil, pois lhes permitirá um avanço gradativo, etapa após etapa, até que se sintam suficientemente seguros para usar o método geral de forma direta.

Mesmo quem já faz um bom uso de afirmações positivas pode ser beneficiado com o modelo passo a passo, pois poderá aprimorar a sua técnica pessoal e até inventar novas variantes.

Antonio Azevedo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: